http://igrejaevida.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/50 anos IPNCEgk-is-89.jpglink
http://igrejaevida.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/TV IPNCE_banner_sitegk-is-89.jpglink
http://igrejaevida.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Encontro Jovemgk-is-89.jpglink
http://igrejaevida.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Culto_comunitrio_okgk-is-89.jpglink
«
»
Loading…
Imprimir

Quem Somos

            “Os primeiros evangélicos que vieram residir neste bairro de Campinas foram o casal José Arruda Rangel e Anunciação Loureira Arruda, acompanhados dos filhos maiores Justina e Fandor José, em oito de janeiro de um mil, novecentos e cinquenta e três. Logo que aqui chegaram, iniciaram trabalho de evangelização pessoal, interessando várias pessoas do bairro no Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ainda no ano de mil novecentos e cinquenta a três, a família Arruda Rangel, sob a direção do Conselho da Igreja Presbiteriana de Campinas, iniciou trabalho regular de Escola Dominical em sua casa, à Rua Mogi Mirim, 783, às quinze horas, contando com a colaboração de outros elementos da Igreja de Campinas, que, através de seu Conselho, realizavam trabalho no bairro, trabalhos promissores [...].      O primeiro culto realizado no bairro foi na mesma residência dos irmãos citados acima, no dia dezenove de abril do ano de um mil novecentos e cinquenta e três, sendo o pregador o Reverendo Américo Justiniano Ribeiro, pastor da Igreja Presbiteriana de Campinas. Antes que se realizasse o culto, os seminaristas [...] saíram de porta em porta convidando pessoas para aquela reunião. Com a bênção de Deus e como era de esperar-se, o trabalho cresceu, desenvolveu-se, prosperou. Os primeiros frutos começaram a aparecer; o número de interessados também continuava crescendo, juntamente com o bairro que começava a receber novas famílias evangélicas [...]. Uma semana antes [da inauguração do atual salão da igreja], o Conselho da Igreja de Campinas, em colaboração com os irmãos de Novo Campos Elísios, realizou programa especial de oração, para cada dia da semana, em casa dos crentes do bairro. Seguiu-se em prosseguimento à solenidade de inauguração, amplo programa de evangelização, com pregação todas as noites após o dia doze, cabendo ao Reverendo Antonio Elias, responsabilidade maior, na noite da terça-feira, registrando-se várias decisões [por Cristo] no final da semana. Em outubro desse mesmo ano, pelos esforços do Rev. Américo, a Congregação era dotada de um ambulatório médico, pois se sentia grande falta em atender o elevado número de pessoas necessitadas de médicos e remédios gratuitos, tendo-se em conta a leveda pobreza do bairro.”

 

[Trecho retirado do BREVE HISTÓRICO DA IGREJA PRESBITERIANA DE NOVO CAMPOS ELÍSIOS que se encontra no primeiro livro de atas da igreja, logo após o TERMO DE ABERTURA] 

 

            Conforme registrado no histórico acima, as marcas da IPNCE desde sua fundação são: evangelização, oração e ação social. Essas marcas são fundamentadas nas palavras de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, quando indagado a respeito do maior mandamento: “O mais importante é este: ‘Ouve, ó Israel, o Senhor, o nosso Deus, o Senhor é o único Senhor.Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças’.O segundo é este: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’. Não existe mandamento maiordo que estes” (Marcos 12.29-31).

            Cremos no amor vertical (a Deus) e horizontal (ao próximo) e entendemos que isso se manifesta no testemunho do Evangelho, na prática da oração e na ação direcionada enfrentado problemas sociais e auxiliando os necessitados. 

            A IPNCE foi organizada com essas bases em 16/02/1964 e desde então trabalha para o testemunho do Reino de Deus no bairro Novo Campos Elísios, em Campinas, no Brasil e no mundo, conforme mandamento de nosso Senhor expresso em Atos 1.8: “Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas emJerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra”.