Imprimir

Hoje encerramos a série de setembro baseada no Livro de Jó com o título: "DEUS NO SOFRIMENTO: Enfrentando o sofrimento pela fé".

Confesso – como já fiz a alguns – que eu tinha "um pé atrás" com este Livro. Esse desconforto era fruto do assunto abordado pelo livro (sofrimento) e da forma intensa com que o assunto é tratado. Entretanto, hoje posso afirmar que fui extremamente beneficiado e abençoado com o sofrido Jó, seus "amigos", com o narrador, com o religioso Eliú e principalmente com o Deus que fala, revelando-se aos seus.

Diante de Jó, senti-me uma "criança espiritual" e pude rever minha espiritualidade. Aprendi que nossa espiritualidade pode e deve ser mais real, intensa, honesta e vibrante. Acima de tudo, aprendi como enfrentar o sofrimento. Espero honestamente que você também tenha sido impactado positivamente por esse Livro tão profundo e marcante; espero que esteja pronto para enfrentar períodos de sofrimento e principalmente, que tenha conhecido mais nossa fé, nosso Deus e passado a amar mais Jesus.

Jó nos chama à maturidade cristã e para experimentarmos e vivermos a fé cristã todos os dias, com vivacidade e autenticidade, e alcançando pessoas que sofrem sem esperança em nossos dias. Não sei se diante de sofrimentos que certamente me atingirão, conseguirei responder como Jó. Espero que sim e hoje tenho condições para isso, assim como você.

Acima de tudo, amemos, sirvamos e sigamos a Jesus, nosso Senhor, pois ele sofreu o pior sofrimento – assumiu nossos pecados e foi afastado do Pai – em nosso favor, mesmo sendo completamente inocente. A certeza que fica é que quer soframos ou desfrutemos bonança, estaremos sempre Nele (Romanos 8.38-39).

Pr. Thiago